Notícia

Terreno na Ilha da Fumaça vai a leilão por quase R$ 2 milhões

Propriedade, atualmente ocupada, vai a leilão nesta quarta-feira (22), em leilão do Bandes

A llha da Fumaça, em Vitória, será vendida em leilão nesta quarta-feira (22)
A llha da Fumaça, em Vitória, será vendida em leilão nesta quarta-feira (22)
Foto: Reprodução/Google Earth

O local já serviu como porto para café e sal, também já abrigou a família Guimarães e já contou com boates que agitavam a noite capixaba, como já mostrou a seção

Capixapédia

, do Gazeta Online. A Ilha da Fumaça, que fica na Avenida Beira-mar, em Vitória, vai a leilão nesta quarta-feira (22) por R$ 1.913.000,00, por intermédio do Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes).

De acordo com a divulgação do leilão, o terreno é classificado como urbano "Área "B", com 2.648,58 m2, medindo 31 metros de um lado, limitando-se com a área "C" pertencente ao herdeiro Carlos Prado Guimarães, de um lado mede 52,5 metros, limitando-se com Antenor Guimarães & Cia Ltda e, de outro lado mede em duas linhas retas, respectivamente, 54 metros e 12 metros, limitando-se, também, com Antenor Guimarães & Cia Ltda e, pelo outro lado mede 47,2 metros limitando-se com a área "A", pertencente a Deia Guimarães Moreira.

O terreno, que integra o número 362 do lote 31 do leilão, possui, ainda, uma ação destacada, em que "consta ação usucapião processo número 0002004 - 35.2009.4.02.5001 - Justiça Federal - Seção Judiciária do Espírito Santo, sobre uma área de 4.103,00 m2 na Ilha da Fumaça, cuja matrícula não é conhecida pelo Bandes, ação essa que pode estar reivindicando parte ou toda a área de 2.648,58 m2 constante deste lote". O imóvel, de acordo com as especificações, está ocupado e entra a leilão por R$ 1.913.000,00.

Leilão

O leilão acontece nesta quarta-feira (22), por meio do Bandes. Haverá outros imóveis à venda, e o leilão é do tipo maior lance. Propriedades rurais, casas e apartamentos em 15 municípios estão na relação de bens que serão anunciados. O evento acontece no auditório do Bandes, em Vitória, a partir das 15 horas.

De acordo com o banco, os lotes podem ser arrematados à vista ou a prazo, e o investidor pode parcelar em 12 vezes mensais consecutivas sem juros, dando uma entrada de 50% do valor do lance vencedor. Para uma arrematação a prazo, em até 24 parcelas mensais e consecutivas com juros de 9,5% ao ano, será exigida uma entrada de 30% do lance vencedor. Se ainda for preciso mais prazo, o investidor pode dividir em até 72 parcelas mensais e consecutivas, com juros de 9,5% ao ano mais a variação da Taxa Referencial (TR). Em quaisquer das opções o valor da parcela mensal não poderá ser inferior a mil reais.

Para participar do leilão não é necessário realizar cadastramento prévio. Acompanhe o Edital de Leilão na íntegra no site do Bandes.