Notícia

Em busca da primeira vitória, Felipe afirma: "Serão várias guerras"

Experiente goleiro da Desportiva lamenta resultados e destaca necessidade de evoluir para conquistar o triunfo e ainda ter chances de classificação no Estadual

Passadas quatro rodadas do Campeonato capixaba, a Desportiva Ferroviária ainda busca a primeira vitória na temporada. O time do técnico Vevé, recém-chegado ao clube, soma três empates e uma derrota na competição e aposta na próxima partida, diante do Doze, nesta terça-feira, às 20h15, no estádio José Olívio Soares, para iniciar uma arrancada e deixar a pressão pelos maus resultados bem longe do Engenheiro Araripe. É isso que o capitão e goleiro Felipe espera.

Felipe Guedes, goleiro da Desportiva Ferroviária
Felipe Guedes, goleiro da Desportiva Ferroviária

O experiente goleiro da Locomotiva Felipe, de 31 anos, afirmou que a atuação contra o São Mateus, na rodada passada, foi abaixo do esperado, mas o atleta destacou que os erros serviram de lição. O empate diante da torcida grená jogou um balde de água fria nos planos dos adeptos e da diretoria do clube. Tanto que, após o resultado, Fabiano Rossato deixou o comando técnico da equipe. Apesar do início irregular, o camisa 1 contou que a única forma do time colher bons frutos do trabalho é acreditar no potencial e qualidade de cada um dentro das quatro linhas e ser mais agressivo.

"Nós precisamos reagir na competição, pois a Desportiva não merece estar entre os dois últimos do Estadual. O que passamos até aqui nos serve de aprendizado, nada acontece em vão, então, é corrigir isso para conseguirmos a primeira vitória. Uma vitória agora vai tirar um peso das nossas costas e daria mais tranquilidade para trabalhar. Temos que continuar nosso trabalho, acreditar no nosso potencial e no que o Vevé tem nos passado. Daqui para frente serão várias guerras para nós", explicou Felipe.

A fase não é das melhores, porém, a Tiva vai para o jogo com o ânimo renovado por estar sob novo comando. Nos últimos três dias de trabalho, o "novato" Vevé realizou atividades em campo reduzido e fez algumas observações quanto ao 11 inicial que pretende utilizar na partida. Sem poder contar com Abuda, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, e com João Vitor e Dum, ambos lesionados, o treinador deve mandar a campo com Felipe; Gabriel Fernandes, Lacraia, Espinho e Cristian; Braian, Lucas Valim e Marques (Vargas); Paulo Vitor, Lucas (Danilo) e Rael.

"Tenho dúvidas positivas para essa minha primeira partida no comando da equipe por ainda estar estudando a melhor estratégia para a Desportiva. Cheguei tem pouco tempo e quero colocar para jogar o que temos de melhor no elenco. Perdi atletas importantes, mas isso não quer dizer que não podemos chegar lá contra o Doze e ganhar. Nossa expectativa é vencer a partida para iniciarmos bem o trabalho", concluiu Vevé.